16
Set 10
 

 

 

 

 

 

Por: Kachipepe

 

 

 


 

 

 

            Quando se fala em viajar pela TAAG, são comuns os relatos de serviços de má qualidade, a começar pelos insuportáveis atrasos, complicações nas reservas, incertezas no Check in, sem falar do mau humor das comissárias de bordo.

 

 

 

 
 
            Essa foto foi tirada em Setembro de 2009 no Aeroporto Internacional de São Paulo. Prestando atenção, é possível perceber que o voo da TAAG estava com previsão de chegar as 13horas, mas as 14:15h, horário da foto, o painel de chegadas internacionais informava que o avião proveniente de Luanda só estaria em solo as 17:00h.
Observando com um pouco de atenção é possível constatar um fator interessante: das 18 Companhias Áreas com previsão de chegada prevista entre das 13h as 17horas, apenas 5 aterraram com atrasos; Gol 7minutos, Air France 14 minutos, TAM 30 minutos e a nossa TAAG, impressionantes 4horas de atraso. 
 
A SURPRESA
 

 

Nos dias 28 de Junho e 28 de Julho viajei pela TAAG, no percurso São Paulo -Luanda e Luanda – São Paulo. O avião chegou, desembarcou, embarcamos e partimos para Luanda com pontualidade britânica (16:00h), o que permitiu desembarcar na Nguimbe, 30 minutos antes do horário programado. Foi impressionante. Podem acreditar, é a pura realidade.

 

 
 
Mas as surpresas não param por aí. Já em Luanda, numa das minhas passagens pela baixa da cidade, pra matar a saudade da terra, deparei-me com um outdoor anunciando em letras garrafais o número 923190000. Segundo a publicidade, eu podia ligar e ter acesso a vários serviços da TAAG pelo telefone, inclusive marcar a reserva sem me deslocar a qualquer guinche da companhia.
Fiquei surpreso e um pouco temeroso, é claro, afinal:  Isto é Angola!
Conversei com a minha velha sobre a novidade, também comentei com amigos sobre o novo serviço da TAAG. Eles foram unânimes em me desaconselhar a usar o serviço: meu, evita só aborrecimento ya. Já imaginaste chegar no 4 de Fevereiro pra fazer o Check in, você já bue bangão, e a M´boa te diz que o teu nome não esta na lista? Xé wi, se a fazer pessoalmente é o que se vê... é por telefone que nem estão a ver a tua chipala!?... Você é que sabe.
Confesso que tremi um coxe, afinal, além do constrangimento, caso o nome não estivesse na lista, vários compromissos ficariam pendentes no Brasil, além de não saber como ficaria a passagem se não viajasse naquele dia. Provavelmente teria de pagar mais alguma coisa.
Tomei coragem e resolvi ligar. Se eu não testar, não saberei se funciona ou não - pensei.
Liguei. Chamou a primeira e nada, a segunda e... atenderam. Fui tratado com atenção e cordialidade. Solicitaram-me o número do bilhete e o código de reserva e um telefone para contacto. Feito isso confirmaram a minha reserva para o dia 28 de julho. Agradeci e desliguei. Percebi que eu suava frio, minhas mãos estavam encharcadas de suor, mas... coragem, agora é esperar pra ver no que isso vai dar.
Durante os dias que antecederam a data da viagem minha ansiedade só crescia. No fundo eu estava desconfiado: e se isso não der certo?
Pasmem, no dia 26, uma segunda feira, dois dias antes do meu provável embarque, eu estava envolvido em outras atividades e até já tinha esquecido um pouco o assunto. Por volta das 15 horas, meu telefone tocou. Atendi. O interlocutor disse pretender falar com o Sr. Fulano e eu confirmei minha identidade. Então ele continuou, dizendo que falava da TAAG, que havia uma reserva em meu nome e que o objetivo da ligação era confirmar meu embarque na quarta feira seguinte. Respondi afirmativamente, na sequência me informou que minha reserva estava OK! E  que eu deveria apenas comparecer no aeroporto a partir das 5:30h para fazer o Check in.
Desliguei o fone. Estava feliz e incrédulo, ao mesmo tempo. Será isso verdade ou apenas pegadinha!?
Contei pra familiares e amigos. Não acreditaram; Se não viajares, serei o primeiro a te rir na cara ya – diziam zomboteiros.
Continuei com muito medo. No dia da viagem, acordei cedo e fui pro aeroporto. Eu estava tenso, tamanha era a minha ansiedade pelo desfecho da história. Na medida que me aproximava do aeroporto a ansiedade crescia mais ainda.
Já no 4 de Fevereiro, fui pra fila pro Check in. A bicha foi andando e chegou a minha vez. Apresentei o bilhete e o passaporte. A atendente pegou os documentos, digitou uns mambos no computador, folheou o passaporte, uma, duas vezes. Olhou pra mim, deu um sorriso enigmático e disse:
- o senhor não poderá viajar hoje!
           Nessa hora juro que gelei. Lembrei dos amigos e parentes.
- Porquê!? – perguntei, meio sem voz.
- O teu passaporte esta sem visto.
           Ufa! Que alívio. Expliquei o equivoco, disse que tinha visto sim e ela é que não havia reparado. A moça sorriu novamente, desculpou-se e concluiu dizendo:
- Desejo um Boa Viagem.
Respondi aliviado: Muito Obrigado.
Mas relaxado, fiz realmente uma ótima viagem e durante a viagem pensei: o novo serviço da TAAG funciona mesmo. Espero sinceramente que este seja um sinal da nova marca da companhia: Pontualidade, Qualidade nos serviços.
 


publicado por beco1001 às 17:12
 O que é? |  O que é? | favorito
sinto-me:
música: Back of my lac - J. Holiday

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

SURPREENDIDO PELA TAAG

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO