30
Dez 10

7 horas da manha, comboio "rafeiro" Viana Textang, um monte de gente exprimida nas carruagens do comboio "rafeiro" onde os cobradores nem têm espaço para cobrar, são operários, desempregados, zungueiros e outros todos que moram na Viana e arredores, amontoados em varias carruagens onde o normal seriam 40 sentadas e mais umas 20 ou 30 em pé, ai eram mas de 200 pessoas, sem exagero. Depois de parar na estação da Estalagem e na da BCA andamos mais uns 100 ou 200 metros uma senhora começou a gritar e uns instantes depois a gritaria era geral ouvia-se mais a voz das mulheres entre elas consegui entender o que uma senhora bonita, na casa dos trinta, parecia ser zungueira pois tinha algumas coisas amarradas num pano em volta da cintura - quando chegarmos no Tunga vamos lhe dar! - As outras senhoras que estavam em volta dela davam gargalhadas concordando, ela continuou - ele mesmo abriu o fecho e esporro na camisa branca da senhora que comprou nos fardos, vamos lhe dar... deixa só chegar no Tunga, POLICIAAA!

 

 

 

só ai entendi por que estavam a dar um monte de bofas em alguém que estava no meio da multidão. de onde eu estava só via mãos a subir e quando desciam soava um estrondoso lapaaaaa! e muitos gritos - Ngombidiiii!  Policiaaaa! Policiaaaaa! ele mesmo abriu o fecho! esses moços não tem respeito! - um rapaz em volta dos seus 20 e tal anos aproveitou-se do empurra empurra e esfregas pra se encostar demais numa kota duns 40 e tal, era uma senhora gorducha parecia calma e muito decidida. Vi a cara dela e do moço rodeados pela multidão quando desceram no Tunga direito para um dos policias que ficam na estação do Tunga NGo (estação dos Muceques) o moço já tinha a cara inchada.

publicado por beco1001 às 10:55
 O que é? |  O que é? | favorito
sinto-me:

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO